Pular para o conteúdo principal

Chá com poesia


Hoje no chá com poesia, trago para vocês um poema do período romântico  brasileiro. Estas linda palavras de Gonçalves Dias fala à respeito da espera de uma jovem indígena por seu amado "Jatir". A amorosa índia prepara o lugar com todo o cuidado e capricho, e espera por toda a noite, mas quando os raios de sol vai surgindo, percebe que seu amado não aparecerá.
 É um poema que merece ser apreciado com uma boa xícara de chá. O poeta trabalha mais uma vez com o indianismo e as belezas naturais brasileiras, fazendo você se transportar para o mundo belíssimo das florestas tropicais
. Então... Imaginem e aproveitem!



Leito de folhas verdes


Por que tardas, Jatir, que tanto a custo
À voz do meu amor moves teus passos?
Da noite a viração, movendo as folhas,
Já nos cimos do bosque rumoreja.

Eu sob a copa da mangueira altiva
Nosso leito gentil cobri zelosa
Com mimoso tapiz de folhas brandas,
Onde o frouxo luar brinca entre flores.

Do tamarindo a flor abriu-se, há pouco,
Já solta o bogari mais doce aroma!
Como prece de amor, como estas preces,
No silêncio da noite o bosque exala.

Brilha a lua no céu, brilham estrelas,
Correm perfumes no correr da brisa,
A cujo influxo mágico respira-se
Um quebranto de amor, melhor que a vida!

A flor que desabrocha ao romper d'alva
Um só giro do sol, não mais, vegeta:
Eu sou aquela flor que espero ainda
Doce raio do sol que me dê vida.

Sejam vales ou montes, lago ou terra,
Onde quer que tu vás, ou dia ou noite,
Vai seguindo após ti meu pensamento;
Outro amor nunca tive: és meu, sou tua!

Meus olhos outros olhos nunca viram,
Não sentiram meus lábios outros lábios,
Nem outras mãos, Jatir, que não as tuas
A arazóia na cinta me apertaram.

Do tamarindo a flor jaz entreaberta,
Já solta o bogari mais doce aroma
Também meu coração, como estas flores,
Melhor perfume ao pé da noite exala!

Não me escutas, Jatir! nem tardo acodes
À voz do meu amor, que em vão te chama!
Tupã! lá rompe o sol! do leito inútil
A brisa da manhã sacuda as folhas!











Gonçalves Dias (1823-1864) nasceu nos arredores de Caxias, no Maranhão, no dia 10 de agosto de 1823. Filho de um comerciante português e uma mestiça. Iniciou seus estudos no Maranhão e ainda jovem viaja para Portugal.  Em Coimbra, no ano de 1843, escreve seu famoso poema "Canção do Exílio". Foi poeta e teatrólogo brasileiro. É lembrado como o grande poeta indianista da geração romântica. Deu romantismo ao tema índio e uma feição nacional à sua literatura. É lembrado como um dos melhores poetas líricos da literatura brasileira.

Postagens mais visitadas deste blog

Melhores Séries, Trilogias e Sagas

As séries andam fazendo grande sucesso na literatura; podemos passar horas viajando neste mundo, assistindo as adaptações, e descobrindo as novidades! O grande diferencial das sagas é a sequencia, e por isto acabamos nos envolvendo de forma mais intensa,ficamos loucos pelos os laçamentos e passamos à ficar procurando por novas sagas!
Então o Mosaico de Livros separa aqui para vocês algumas das séries que andam tendo reconhecimento estrondoso entre os leitores. Neste clima de ferias escolha a sua, pegue os óculos, uma xícara de café e se aconchegue no sofá!



1- A Mediadora
A mediadora, escrito por nossa adorada Meg Cabot escritora da série de livros O Diário da Princesa.
Falar com um fantasma pode ser assustador. Ter a habilidade de se comunicar com todos eles então é de arrepiar qualquer um. A jovem Suzannah seria uma adolescente nova-iorquina comum, com seu indefectível casaco de couro, botas de combate e humor cáustico, se não fosse por um pequeno detalhe: ela conversa com mortos. Suzann…

O mundo acabou de recomeçar!

Neste novo ano tudo o que desejamos é renovação, renovar as esperanças, as alegrias, mas tempos que nos preparar para fortes emoções que virão, como grandes amores perdidos, dias de tormenta, dias cinzentos, corações partidos, apesar esperamos coisas boas, as desagradáveis aconteceram de um forma ou de outra é bom estar preparado, para lutar e superar os desafios da vida!
Mas voltemos as alegrias, celebrar um novo ano, celebrar a vida, na minha opinião a celebração da vida é fundamental, temos que agradecer por essa dadiva de viver, de amar de sentir, e ter todas essas sensações que fazem valer apena estar vivo! Viva o novo, se jogue sem medo de ser feliz!
"Ser feliz é encontrar força no perdão, esperanças nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros. É agradecer a Deus a cada minuto pelo milagre da vida."Augusto Cury



Um ano NOVO 

Busque em um ano novo Aquilo que você não pode procurar no velho. Seja aquilo que você não foi E o que você não pode ter se arrepend…

Feliz Natal!

Então é natal, olá queridos leitores, o natal chegou mais uma vez, adoro o natal, por vários motivos, é tempo de unir a família, para celebrar a vida e agradecer, tempo de dar e receber presentes, pra mim sempre foi uma época magica, fui uma criança muito sonhadora e fantasiosa, eu realmente acreditava no papai noel, mas quando crescemos descobrimos a dura realidade de que não existe contos de fadas. Ainda sim acredito nessa magia e aura do natal é algo contagiante que me alegra, gosto dessa tradição de enfeitar as casas com luzes, tudo fica tão bonito e iluminado, acho que não devemos deixar o espirito natalino morrer, está é a verdadeira tradição de união de amor ao próximo, quero desejar a todos um feliz natal!


A ARTE DE SER
De todas as datas


essa é a que eu mais gosto
que mais cuido
que mais me importo

O natal vem como o vento
para reunir e formar laços
para abraçar e amar
sonhar e desejar

Aproveite hoje como se fosse ontem
e o ontem, como se fosse o amanhã

Cada momento, cada segun…

Chá com poesia - Verão

Verão é a inspiração para a renovação. O sol vai surgindo transformando a paisagem para tons vívidos e claro. Verão é o artista que com tons coloridos vai pintando toda a tela da vida. E engano seria pensar que verão é apenas uma estação... verão são os momentos, os dias, os eventos... verão é a vida! Surgiram chuvas, tempestades e nevadas... e sol. Sol para irradiar e iluminar. Neste verão, como estação do ano e também como um momento da vida, vamos apreciar o que há: calor, luz, sorrisos... "Dias de luta, dias de glória". Um excelente verão à todos! Com muita paz e claro... poesia! 
Luz Janela aberta traz vida, inspiração, calor,  paixão.
A luz preenche, o amor se sente, é o verão. 
Gabriela lins
ARCO-ÍRIS É o pássaro que voa, seu canto ecoa, a música encanta, o sol se levanta.
A abelha zumbindo está ouvindo? a flor atrai logo, a noite cai.
Noite de verão, sorrisos, gratidão, cansado? arco-irisado.
Gabriela Lins
AMOR DE VERÃO
Perto da praia, você caminhavaO sol nos seus olhos eu admirava Seus cabel…

Chegou o Verão

Olá queridos leitores, então o verão chegou, verão é sinônimo de sol, calor, felicidade, diversão, e férias,  no caso das férias significa tempo livre para fazer o que você quiser, viajar, ir a praia, fazer um piquenique, e também ler. Independente da época do ano nós doMosaicoamamos ler, mas no verão a leitura tem um gostinho leve e delicioso, escolha um local ao ar livre confortável e fresco, vista roupas leves, prepare  uma limonada bem gelada, se acomode na grama, ou em uma cadeira e comece a ler, para mim parece o paraíso. E pensando nas leituras de verão que decidimos indicar para vocês livros para estes dias de sol e ar livre. Hoje é dia de Solstício de verão significa muito sol para o dia de hoje então vamos aproveitar!!!


A Luz Entre Oceanos 
Para começar quero sugerir um livro que eu ainda não li um romance é claro leve envolvente. Romance de estreia da australiana M. L. Stedman, A Luz entre Oceanos alcançou as principais listas dos mais vendidos do mundo, incluindo o cobiçad…