Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

"Chá com poesia"

Olá pessoal! hoje vou trazer mais um poema para vocês, uma linda poesia do eterno  William Shakespeare. Um dos melhores poetas de todos os tempo que inspiraram livros, filmes e casais apaixonados em todo o mundo. Espero que apreciem este poema, que não deve ser apenas lido, mas sentido na alma.



Resenha - O guardião

Entre tantas obras de Nicholas Sparks é realmente difícil escolher uma para fazer a resenha, porém eu li esse livro e refleti sobre a vida como é difícil recomeçar quando perdemos pessoas, a vida arranca essas pessoas queridas de nosso braços, nos deixando sozinhos para encarar a nossa jornada. Apesar de alguns momentos a vida nos mostrar a sua pior face, temos que seguir em frente ter esperanças de um dia melhor. O guardião para mim é um livro de superação de força.  Julie perde seu marido, ela se sente desamparada. Algum tempo depois ela recebe uma grande caixa enviada pelo seu marido pelo correio, ela tem uma grande surpresa ao abrir a caixa, havia um filhote de cão Dinamarquês.

Resenha - A 5ª onda

Ola! Acabei que ler esse maravilhoso livro de Rick Yansey, eu posso dizer sobre esse escritor é fantástico, a sua narrativa é extraordinária, é como se eu estivesse lá compartilhando o horror, o sofrimento, a angustia de ver o mundo se acabar. Eu não consigo comparar o estilo dele com nem um outro escritor, acho que isso fez a diferença em seu livro, sua singularidade sua particularidade. Logo como é de se esperar de um livro tão bem escrito, A 5ª onda se tornou Best Seller no  New York Times. A historia começa com Cassei ela descreve como é ser o ultimo ser humano da terra, e ter apenas a  companhia do urso de pelúcia de seu irmão mais novo, então começam os flashbacks, os primeiros fatos da chegada dos alienígenas, a gigantesca nave mãe sobrevoando no céu silenciosa porém mortífera.

"Chá com poesia"

Olá pessoal, primeiramente gostaria de agradecer à vocês que tem visitado nossa pagina. Compartilhamos de uma mesma paixão: o mundo da leitura!    Hoje, venho para dividir um belíssimo poema com vocês. Encontrei-o por acaso, e logo me encantei nas primeiras linhas. Mas como não encantar com os poemas de  "Cora Coralina"; uma querida brasileira que com sua simplicidade e doçura nos torna prisioneiros de suas obras. O nome do poema é "Das pedras", espero que gostem tanto quanto eu!




Das pedras

Ajuntei todas as pedras Que vieram sobre mim.  Levantei uma escada muito alta E no alto subi. Teci um tapete floreado E no sonho me perdi.

Uma estrada,  Um leito,  Uma casa,  Um companheiro. Tudo de pedra.

Entre pedras Cresceu minha poesia.  Minha vida... Quebrando pedras E plantando flores.

Entre pedras que me esmagavam Levantei a pedra rude Dos meus versos.

Resenha - Obsidiana

Ola pessoal! Hoje vou falar desse mega sucesso da escritora norte Jennifer L. Armentrout, que é o primeiro livro da saga lux, os americanos amaram a saga, tanto que o livro está 1ª posição da lista do New York Times. O primeiro livro da saga é Obsidiana que já está disponível aqui no Brasil os outros ainda não foram lançados, bom mas como sou um leitora avida já li os quatro livros da saga e posso adiantar para vocês preparem os nervos, pois a saga é cheia de ação, emoção e explosões dignas de um filme do Michael Bay.

Resenha - Ligeiramente casados

Olá pessoal! Hoje vou fazer a resenha de um romance histórica, pelo resumo do livro eu gostei e quando eu li  o livro adorei. O Livro começa com a jovem Eve colhendo flores do campo, em sua propriedade rural Ringwood. Ela Administra sozinha Ringwood, pois seu pai havia morrido e seu irmão estava na guerra, perdida em pensamento de como seria seu futuro, pois o pai dela havia imposto uma condição, ela deveria se casar antes do aniversario de morte de seu pai. De acordo com o testamento se ela não se casa-se ela seria despejada da fazenda com todas as pessoas que dependiam dela incluindo duas crianças que ela havia adotado. Faltavam apenas quatro dias para o prazo final, então mordomo de Eve diz que há um homem vestido com o uniforme militar esperando por ela em casa, sem pensar duas vezes Eve sai correndo com a esperança de encontrar seu amando irmão porém se depara com lorde Aidan Bedwyn, um coronel honrado. Aidan estava lá para informar a morte do irmão de Eve o capitão Percival Morris…

Resenha O Mestre do Amor

Muitos pensam que livros de auto ajuda são para pessoas que estão passando por problemas emocionais e ou instabilidade psicológica. Porem estes livros estão muito além.
  É necessário que sempre busquemos o autoconhecimento e a inteligencia emocional para ter qualidade de vida em um mundo tão agitado quanto o nosso. "O mestre do amor" vem justamente contribuir com o nosso bem estar.
 O autor Augusto Cury, Psiquiatra e terapêutico, escreve com palavras esclarecedoras e de fácil interpretação (fugindo ao máximo daquela linguagem profissional). Ele demonstra como Jesus conseguiu vencer as dificuldades da vida usando o amor; surpreendendo à todos.
 Ao contrario do que parece, o livro não é apenas para religiosos cristão, pois o escritor não escreve por uma visão religiosa, e sim, cientifica analítica sobre o protagonista.
 Já li o livro varias vezes, e é incrível como a cada vez que leio, mas me sinto encantada com a analise do escritor. À cada trecho é um novo detalhe que pe…

Resenha A Saga do Tigre

Ola pessoal, vou  dar uma dica de leitura  maravilhosa para quem ama romance e ficção, que é A saga do tigre. A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times. Nessa saga tem de tudo aventura, ação, criaturas misticas: como deuses indianos, fadas, dragões, a própria fênix, bruxos que não tem nada haver com Harry Potter, uma cobra gigante fanhosa, leões que comem manga, um paninho magico, um fruto magico, uma corda magica entre outras coisas magicas. A escritora literalmente viajou, ela criou vários mundos misticos envoltos de fantasia e muita imaginação. A personagem principal Kelsey é órfã, ela conseguiu um emprego de verão para pagar a faculdade em um circo, lá ela conhece um tigre de olhos azuis que a encan…

Chá com poesia

Camões nos deixou belíssimas obras. Suas poesias e historias inspira muitos escritores e artistas contemporâneos. Seu romantismo e delicadeza retiram suspiros até hoje. A primeira de muitas obras que reescreverei aqui neste aconchego literário será seu admirável soneto: o amor é um fogo que arde sem se ver


Amor é um Fogo que Arde sem se Ver
Amor é um fogo que arde sem se ver;  É ferida que dói, e não se sente;  É um contentamento descontente;  É dor que desatina sem doer. 


É um não querer mais que bem querer;  É um andar solitário entre a gente;  É nunca contentar-se e contente;  É um cuidar que ganha em se perder; 


É querer estar preso por vontade;  É servir a quem vence, o vencedor;  É ter com quem nos mata, lealdade. 


Mas como causar pode seu favor  Nos corações humanos amizade,  Se tão contrário a si é o mesmo Amor? 

"Chá com poesia"

"Chá com poesia"é um momento poético do Mosaico de Livros, eu crie para ser relaxante, pois para mim não há nada mais calmante do que tomar uma xícara de chá e ler uma poesia adocicada. Para abrir com chave de ouro, vamos começar com o Poema 20 de Pablo Neruda, fica a dica apreciem com uma boa xícara de chá.

  Poema 20
Posso escrever os versos mais tristes esta noite.  Escrever, por exemplo: "A noite está estrelada, e tiritam, azuis, os astros lá ao longe".  O vento da noite gira no céu e canta. 
Posso escrever os versos mais tristes esta noite. Eu amei-a e por vezes ela também me amou.  Em noites como esta tive-a em meus braços. Beijei-a tantas vezes sob o céu infinito. 
Ela amou-me, por vezes eu também a amava. Como não ter amado os seus grandes olhos fixos.  Posso escrever os versos mais tristes esta noite. Pensar que não a tenho. Sentir que já a perdi. 
Ouvir a noite imensa, mais imensa sem ela. E o verso cai na alma como no pasto o orvalho.  Importa lá que o meu amor não pude…