Pular para o conteúdo principal

As Blogueiras - Quiz




Vida de blogueira não é fácil vocês já devem ter ouvido falar, mas na pratica é realmente complicado, para ter um blog legal é necessários algumas horas de dedicação. Nós somos resenhistas temos que ler livros e depois fazer as resenhas e isso demanda tempo, no entanto em nossas vidas temos que trabalhar, estudar, cuidar do lar e claro de nós mesmas, uma agenda super lotada, mas para fazer o que amamos sempre encontramos um tempinho para ler e cuidar do nosso blog, pesquisado  mil e uma formas de melhorar o blog para vocês leitores. Enfim a vida não é só livros e flores, temos que enfrentar algumas  adversidades de vez em quando, só que aqui no Mosaico de Livros, vocês caros leitores encontraram apenas livros e flores.
 

            Livros e flores

Teus olhos são meus livros.
Que livro há aí melhor,
Em que melhor se leia
A página do amor?

Flores me são teus lábios.
Onde há mais bela flor, 
Em que melhor se beba
O bálsamo do amor?


Machado de Assis




Agora que já leram o poema, vou explicar essa brincadeira super divertida que eu Thais Mesquita e minha colega Mariana Gonçalves montamos, é um questionário cheio de perguntinhas a respeito de livros, ( do que mais poderia ser?!kkkk)

Qual o melhor livro de romance que você já leu ?

Thais: Essa pergunta é realmente difícil pois eu amo ler romances, eu gosto muito de Orgulho e preconceito, Jane Austin me conquistou com seu livro é memorável é lindo é sutil, perfeito.

Mariana: Bem,já li muitos livros de romance e praticamente todos são ótimos. Mas, não faz muito tempo, eu li "Os Miseráveis" (e que tem a resenha aqui no blog!). Este foi sem duvida o melhor


Qual seu vilão favorito?

Thais: Eve Blackwell,  com toda certeza é um dos piores vilões de todos, do livro A senhora do jogo, ela era de uma maldade clássica odiava a irmã pois  esta mesma herdou toda a fortuna da família, já que Eve nunca foi boa pessoa ficou de fora do testamento, ficou pior ainda tramou a morte da marido usando e manipulando o próprio filho para matar o pai, depois tramou contra a sobrinha transferindo o ódio de sua irma morta para a sobrinha, que ainda continuou a usar o filho como arma de maldade.

Mariana: Ah! Não gosto dos vilões (quem gosta? rs)! Mas fico com a "bruxa má do oeste" de "o magico de oz". ela foi quem aterrorizou a doce Dorothy e deixou todos os leitores apreensivos.


Qual autor você gostaria de conhecer?

Thais: Ok! eu gostaria de conhecer não apenas um mas vários deles, no entanto meus autores favoritos estão mortos como Sidney Sheldon, Alexandre Dumas, Aghata Christie, Jane Austin, entre tantos outros, gostaria muito de sentar com todos eles e ter uma conversa agradável enquanto tomamos chá, falaríamos sobre suas obras é claro. Certa vez assisti um filme em que um escritor ia para Paris e la ele conhecia todos seus autores favoritos e outros artistas que já havia morrido, é como se a magia da cidade luz trouxesse  a vida todos os gênios da arte e da literatura, se quiserem assistir o filme se chama Meia-Noite em Paris.

Mariana: Ih! todos dos quais sou fã das de suas obras, kkkk! Mas se fosse pra escolher só uma pessoa, escolheria Cora Coralina, adoro sua simplicidade e sabedoria.


Maior livro que já leu?

Thais: O maior livro que eu li em números de paginas foi As cronicas de narnia volume único com 752 paginas que eu me lembre acredito que foi esse o maior livro.

Mariana: "Amanhecer" da saga crepúsculo, com 576 paginas.


Um livro que você não queria terminar?

Thais: O segredo do padre amaro, não conseguia fazer a leitura fluir eu lia e parava por semanas, depois continuava lia umas quatro paginas e parava novamente, foi penoso mas consegui terminar a leitura.

Mariana: "a promessa do tigre" o ultimo da saga a maldição do tigre; mas não por ele ser ruim; e sim, pelo o envolvimento com a historia. Fiquei mal por uns dias, rs.


Qual livro você não recomenda?

Thais: Eu li esse livro porque uma amiga me emprestou, com suas 727 paginas acredite se quiser o livro se passa dentro de apenas uma semana, os fatos são narrados nesse período, o livro se chama Tai-pan é uma continuação de outros dois livros do autor James Clavell´s, não gostei, não recomendo, o livro é tedioso, sem emoção, todos os fatos ficam por acontecer, um romance sem romance, uma tragedia sem tragedia, ponto final.

Mariana: "a vida que ninguem ve" de Eliane Brum. O objetivo do livro é legal, mas é meio desinteressante. Alem de massante é cansativo.


Já chorou em alguma historia?

Thais: simmm! Eu confesso eu chorei em tantos livros que já perdi a conta, até no livro o pequeno príncipe, sou chorona.

Mariana:kkkkkk, o que mais acontece! Marley e eu foi o mais emocionante.


Uma personagem que você já quis ser?

Thais: já quis ser algumas heroínas de livro de romance mas para falar a verdade eu queria muito ser a Kelsey Hayes da Saga do Tigre, eu gosto muito da saga cheia de aventuras, romance, acho que toda garota gostaria de ser ela.

Mariana: Vittoria Vetra do "anjos e demônios". ah...! Eu me empolgava me imaginando no lugar dela.


Qual a sua saga favorita?

Thais: Claro que é a saga do tigre, até o presente momento, também gosto muito da saga lux, eu fiz a resenha se vocês quiserem conferir é só clicar aqui  Saga do tigre, da saga lux eu fiz a resenha do primeiro livro Obsidiana é só clicar para ver a resenha.

Mariana: "hush, hush", já faz um tempinho que eu o li,mas não esqueço sua historia. Perfeita!


Você já julgou um livro pela capa ?

Thais: pode parecer bobo, mas ja julguei um livro pela capa o primeiro livro que eu li do Érico Veríssimo Clarissa, a capa era dura azul clara corroída pelo tempo, estava escrito apenas Clarissa, não fiquei muito empolgada com o livro minha mãe havia pego o livro na biblioteca para mim e disse que o livro era bom, mas eu desconfiava dela, e para minha surpresa o livro foi maravilhoso a partir dai me tornei grande fã do Érico Veríssimo.

Mariana: Pior que não! já achei algumas bobas, mas não ligo muito pra isto.


Qual foi o primeiro livro que leu? Alguém te incentivou?

Thais: não me lembro ao certo, mas o primeiro livro que eu realmente me interessei foi A marca de uma lagrima eu deveria ter 9 anos, minha mãe estava lendo esse livro para o meu irmão, porque ele tinha muita preguiça de ler e precisava fazer um trabalho da escola, bom então eu ouvia a historia mas por algum motivo não  ouvi o final da historia, eu pedi o livro para minha mãe e terminei de ler gostei muito, foi o meu despertar para a vida literária, minha mãe me incentivava, pegava livros na biblioteca para mim, e minhas tias todas professoras me emprestavam livros, um após o outro, eu li centenas de livros a cada semana eu lia mais, hoje não sei estimar a quantidade livros que já li, mas sei que foi uma infinidade.


Mariana: O clássico "João e Maria", lembro que quando minha mãe comprou eu ainda nem tinha aprendido a ler. Era uma versão barata e simples, e até hoje sou apaixonada pela a história, tenho ainda o livro (já velhinho e desgastado). Minha mãe o lia pra mim todas as noites, e quando comecei a ler foi este o primeiro livro que procurei.


 Gostou do quiz???Foi muito divertido para nós responde- lo! Quer saber mais alguma coisaDeixe nos comentários e responda você também à estas perguntas! 


Agradecemos muito a participação de vocês, um grande abraço à todos!

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare

Um gênio da literatura, mundialmente conhecido, um dos escritores mais famoso do mundo e o mais apaixonado, criador dos mais belos sonetos da língua inglesa, desde pequenos ouvimos falar sobre ele, em filmes, livros, revistas e jornais, nos encantamos por suas obras, são fascinantes simplesmente apaixonantes. Eu realmente gostaria de saber se William de fato amou alguém como ele descreve, poderia um homem amar desta forma? Ainda não sei essa resposta talvez nunca saberei, mas sei que vou acreditar ser possível, pois as obras de William são compostas com uma profunda paixão da qual nunca vi em outro escritor, William ainda dá preciosos conselhos para a vida em outras obras.
O que mais posso dizer sobre este escritor genial que conquistou o mundo com suas obras poéticas e apaixonadas, sou grande fã dele assim como a Jane Austen, Sigmund Freud, Goethe e o brasileiro Machado de Assis.

Biografia resumida e obras 

Shakespeare é considerado um dos mais importantes dramaturgos e escritores de to…

Melhores Séries, Trilogias e Sagas

As séries andam fazendo grande sucesso na literatura; podemos passar horas viajando neste mundo, assistindo as adaptações, e descobrindo as novidades! O grande diferencial das sagas é a sequencia, e por isto acabamos nos envolvendo de forma mais intensa,ficamos loucos pelos os laçamentos e passamos à ficar procurando por novas sagas!
Então o Mosaico de Livros separa aqui para vocês algumas das séries que andam tendo reconhecimento estrondoso entre os leitores. Neste clima de ferias escolha a sua, pegue os óculos, uma xícara de café e se aconchegue no sofá!



1- A Mediadora
A mediadora, escrito por nossa adorada Meg Cabot escritora da série de livros O Diário da Princesa.
Falar com um fantasma pode ser assustador. Ter a habilidade de se comunicar com todos eles então é de arrepiar qualquer um. A jovem Suzannah seria uma adolescente nova-iorquina comum, com seu indefectível casaco de couro, botas de combate e humor cáustico, se não fosse por um pequeno detalhe: ela conversa com mortos. Suzann…

Primavera

Então a primavera chegou abra as janelas e deixe que ela entre, sinta o aroma das flores que percorre o ar, se deleite com as cores vivas das pétalas que apenas a primavera pode proporcionar. Este breve instante da natureza  nos faz apaixonar pela vida, seja bem vida primavera, traga seu encanto e beleza.
Estamos muito felizes e empolgadas com esta estação magica, somos apreciadoras do desabrochar das flores, para celebrar a estação vamos sugerir livros, para ler, apreciar e curtir durante esses dias floridos, sugerimos que antes de ler a postagem assistam este vídeo a primavera de Vivaldi, para entrarem no clima. 

Primavera de Vivaldi 



Ola! Leitores do Mosaico, como foi dito anteriormente vamos indicar alguns livros para lerem nesta estação, eu Thais vou indicar os cinco livros a baixo e a Mariana os próximos cinco, pois esta é uma postagem em conjunto acho que já percebem que fazemos postagens em conjunto de vez em quando. Então minha proposta de leitura é algo leve e romântico, são liv…

Resenha - The Kiss of Deception

As crônicas de amor e ódio, é um dos melhores livros de fantasia que eu li recentemente, a história me surpreendeu bastante, para ser sincera eu esperava apenas um romance modesto, no entanto o livro é além disso, além da fantasia temos muita aventura, ação e um romance que te deixara apaixonado pelos personagens.
Pode-se levar anos para moldar um sonho, mas é preciso apenas um segundo para despedaçá-lo."
A autora Mary E. Pearson me ganhou por utilizar elementos previsíveis para criar uma trama inteligente, mágica, cheia de manipulações políticas e focada no amadurecimento de seus protagonistas. Fazia tempo que não lia algo tão grandioso e apaixonante.
 Eu sabia que o livro se passa em um ambiente medieval e  indicado para fãs de Game Of Thrones estava esperando uma narrativa mais histórica e romântica. Mas, para minha surpresa, esse livro trouxe um equilíbrio entre esses dois gêneros de forma arrebatadora. "Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a pro…

Chá com poesia - Dia dos Pais

Hoje no Chá com Poesia é oferecido ao leitor três poemas belos, dóceis, e inspiradores; não por acaso, escolhidos para o dia de hoje. Hoje, no segundo domingo de agosto, é  dia não apenas de fazer a ligação, entregar presentes, mandar mensagem, ou fazer surpresas, é dia de reforçar aquele amor... Aquele que brota ao primeiro olhar, ao primeiro abraço, é aquele amor... paterno! Três poemas para refletir, amar e recitar... Feliz Dia dos Pais!
Ser Pai
Ser pai é acima de tudo, não esperar recompensas.
Mas ficar feliz caso e quando cheguem.
É saber fazer o necessário por cima e por dentro da incompreensão. 
É aprender a tolerância com os demais e exercitar a dura intolerância
(mas compreensão) com os próprios erros.
Ser pai
é aprender errando, a hora de falar e de calar. 
É contentar-se em ser reserva, coadjuvante,
deixado para depois. Mas jamais falar no momento preciso. 
É ter a coragem de ir adiante, tanto para a vida quanto para a morte.
É viver as fraquezas que depois corrigirá no filho, fazendo-s…